Bispo profana a Missa pedindo a Deus que dê criatividade a uma organização pró-aborto

O bispo Raúl Vera López, bispo de Saltillo (México) celebrou uma missa na semana passada em que rezou pela “criatividade e sabedoria” das “católicas pelo direito de decidir”, uma organização internacional que promove a legalização do aborto.

ACI Prensa )  Ao celebrar a missa em 13 de junho  com bandeiras de gays e transexuais em frente ao altar, o bispo Vera López expressou sua oração “pelas pessoas que compõem a organização católica pelo direito à decisão no México e em muitos outros países para que continuem a evangelizar com tanta criatividade e sabedoria em toda a comunidade, e principalmente pela vida de meninas e mulheres ».

Durante a cerimônia, o prelado mexicano recebeu cumprimentos por seu próximo aniversário, que será comemorado em 21 de junho. O bispo de Saltillo está perto de completar 75 anos, idade em que os bispos devem apresentar sua renúncia ao papa.

Fundados em 1973, os católicos pelo direito de decidir têm um orçamento anual de cerca de US $ 3 milhões que recebem por meio de organizações que financiam abortamente o aborto, como a Ford Foundation, a William and Flora Hewlett Foundation e a MacArthur Foundation.

Somente entre 2002 e 2012, os católicos pelo direito de decidir destinaram mais de US $ 13 milhões aos esforços para legalizar o aborto em diferentes países da América Latina.

Leia também
Alerta: “Católicas pelo Direito de Decidir” não são Católicas!

 

Ajude a manter nosso apostolado. Clique aqui para visitar nossa Loja Virtual

 

Em 2004, os católicos pelo direito de decidir enviaram US $ 5.562.275 à América Latina e mais de dois milhões de dólares foram destinados à promoção do aborto no México.

Diferentes bispos negaram que os católicos pelo direito de decidir sejam uma organização verdadeiramente católica. Em 2016, o arcebispo de Nova York, cardeal Timothy Dolan, chamou de “uma organização de promoção do aborto”.

No início de 2020, o bispo Raúl Vera López celebrou a Santa Missa pela comunidade gay San Aelredo, acompanhado pelo falso padre Julián Cruzalta, “consultor de teologia” dos católicos pelo direito de decidir.

Traduzido de Infocatólica

Leia também esta entrevista especial
Cardeal Sarah: A Igreja Católica sofre porque muitos padres perderam o sentido do sagrado