Padre Duarte Lara, exorcista, passa orientações práticas para estes tempos difíceis

O conhecido exorcista, Padre Duarte Lara, atendendo ao pedido dos féis vem tranquilizar e passar orientações práticas para estes tempos difíceis de Coronavírus.

Padre Duarte Lara frisou a importância de viver em estado de graça neste tempo de pandemia. Se a pessoa não está em estado de graça, ou seja, se cometeu algum pecado mortal desde a última confissão, a sugestão é, tomandoo todas as precauções, buscar o auxílio de um sacerdote e fazer a confissão sacramental.

Ele relembra que nas revelações da Virgem Maria, Ela não se referia aos momentos difíceis que estariam pela frente como o fim do mundo, mas como momentos de grande tribulação que seriam passageiros, portanto, de acordo com a opinião deste estimado sacerdote e exorcista, o tempo atual é uma preparação para a grande tribulação que estaria por vir, e que após a grande tribulação, viriam tempos novos, um mundo renovado e uma humanidade que ama a Deus, assim como aconteceu no dilúvio.

Contudo ele alerta que esta transição é dolorosa, e que devemos entregar nas mãos de Deus e pedir que ele abrevie este tempo de provação.

Antes de continuar a leitura, assista este vídeo no qual ele explica melhor e dá importantes dicas:

 

Ajude a manter nosso apostolado. Clique aqui para visitar nossa Loja Virtual

 

Outro aspecto lembrado pelo sacerdote é o tempo litúrgico que estamos vivendo. Basicamente estamos vivendo um retiro quaresmal “forçado”, e isso é muito propício.

Reforça a importância das famílias estarem mais unidas, pais aproveitarem melhor o tempo com os filhos para convívio, brincadeiras, jogos, desligar os televisores, e principalmente a oração, e não perder a oportunidade de viver bem esse período. Aproveitar também para rezar mais e criar uma rotina de vida de oração em família.

Além de criar uma rotina de oração, o sacerdote suplica aos católicos que tenham o costume de ler as Sagradas Escrituras, e que utilizem seu tempo para para fazer boas leituras, tanto para estudo da doutrina católica, como por exemplo o Catecismo, como também a vida dos santos e outros títulos católicos que são de grande proveito e crescimento espiritual

Mais uma sugestão do sacerdote foi de reservar parte do tempo para cultivar amizades, entrar em contato, mesmo que por telefone ou internet, com amigos e familiares que estava tendo pouco contato.

Enfim, devemos aproveitar este retiro espiritual providenciado pelo Céu para dar ênfase à santidade de vida, à conversão do pecado, na nossa conversão à Deus. Fazer o firme propósito de deixar o pecado de vez, com o valoroso auxilio da vida de oração, na meditação da palavra, no rosário, no jejum, e sermos dóceis a toda esta insistência do céu, e desse modo preparar-nos espiritualmente para a tempestade que nós estamos próximos a viver.