Categorias
Catequese

Catequese, sim! Teologia da Libertação, não!

 

Está cada vez mais difícil ter acesso a pura doutrina da Igreja, sem influência das diversas ideologias e heresias que assolam os católicos nos dias de hoje. Agora, infelizmente, é cada um por si…

A catequese é algo essencial na vida de qualquer católico. Ela é aplicada desde a mais tenra idade, sendo os pais os primeiros catequistas dos filhos, até a vida adulta quando, mesmo com sabedoria e inteligência, precisamos ser constantemente lembrados da doutrina da igreja para continuarmos no caminho certo.

O dever de todo cristão consiste em três coisas: CONHECER, AMAR E SERVIR A DEUS.

A Santa Igreja nos ensina que para conhecê-Lo a melhor forma é através da leitura da bíblia e do catecismo. Sendo assim, é obrigação de todos buscar constantemente o conhecimento de Deus através das Sagradas Escrituras e na Doutrina da Igreja. Uma das formas mais eficientes para aprender é através da catequese seja ela guiada pelo catequista catequista, ou mesmo com o padre durante cada uma das homilias das Santas Missas que participamos.

Por ser algo tão essencial, é importantíssimo que a catequese venha de uma fonte pura, sem adulterações. É por falta de uma boa catequese que muitos se perdem em seus próprios conceitos de como ser católico. Quando falamos das verdades de nossa Fé não pode existir suposições, mas sim convicções. Só há certezas na doutrina católica, pois quando abrimos margem à dúvida ou ambiguidades, caímos no mesmo erro do protestantismo e outras heresias.

Atualmente a catequese na maioria das paróquias é totalmente desvirtuada, com catequistas mal formados e cujo material recomendado para estudo é contaminado por muitos erros e omissões, a maioria proposital, proveniente de ideologias e doutrinas não católicas, como a teologia da libertação.

O mesmo tem ocorrido também nas Santas Missas que participamos. Mesmo as homilias, que deveriam ser uma fonte pura de catequese e formação, uma oportunidade para conhecemos melhor a Deus e aprendemos os seus ensinamentos, assim como a Doutrina da Santa Igreja, em muitos lugares está muito aquém do que daquilo que seria esperado.

Então como fazemos para cumprir um dos nossos principais propósitos, que é CONHECER A DEUS, em um tempo repleto de ideologias e fontes que não são confiáveis.

A resposta não é simples e exige esforço. É preciso que cada um busque ler bons livros, especialmente a bíblia e o catecismo, estude a vida dos santos, e procure por bons padres e formadores que sigam a doutrina da Igreja, e que não utilizem a igreja para propagar ideologias contrárias ao ensinamento de Jesus.

Alguns podem pensar que ler o catecismo por conta própria é algo complicado, porém não é. Para quem deseja começar, recomendamos este livro que foi escaneado, em função de ser uma raridade, e disponibilizado em nosso site.

O nome do livro é Catecismo Essencial. Ele possui tudo aquilo que é essencial e básico, que todo bom católico deveria saber.

Nele vocês encontram uma sólida doutrina da igreja, com o básico necessário para não se tornar um protestante. Utilize também este livro para educar e ensinar verdadeiros conceitos católicos também aos seus filhos.

Se alguém deixa a igreja católica para ingressar em uma protestante, é porque nunca foi católico e não conhecia os ensinamentos básicos da igreja. Portanto tomem essa vacina para que não sejam contaminados também pelo protestantismo ou outras doenças presentes na Igreja, como a Teologia da Libertação.

Clique aqui para ler o Catecismo Essencial

Para aqueles que desejam se aprofundar ainda mais, nós recomendamos também o CATECISMO MAIOR DE SÃO PIO X. Ele está disponível nas melhores livrarias católicas. Ele possui um formato de Perguntas e Respostas que ajuda muito o estudo e facilita muito a compreensão.

OBS.
Aos que possuem dúvida sobre o que é a Teologia da Libertação, podemos afirmar que é a aplicação do marxismo dentro da Igreja.

Infelizmente a teologia da libertação tomou conta da Igreja, principalmente no Brasil e América Latina. Hoje em dia a teologia da libertação está para nós católicos, como a água do mar está para um peixe. Ela está ao nosso redor e não enxergamos.

A teologia da libertação distorce a doutrina católica e substituindo a verdade do evangelho por um comunismo disfarçado. No qual Jesus se transforma em um revolucionário, ou melhor, “libertador dos pobres” que só se preocupa com a realidade material, esquecendo toda existência espiritual.

Caso tenham interesse em conhecer mais sobre a teologia da libertação, pode assistir este excelente curso: https://padrepauloricardo.org/cursos/revolucao-e-marxismo-cultural

Leia também
Papa Bento XVI nos ensina os 10 Erros da Teologia da Libertação