Categorias
Brasil

Sacerdote reza pelas vítimas do acidente que deixou 41 mortos

 

 Uma colisão entre um ônibus e um caminhão deixou 41 mortos e 10 feridos na manhã desta quarta-feira, em Taguaí (SP); diante do ocorrido, o pároco local, Padre Jesus Angel Bermeo Gonzales, pediu a Deus que conforte o coração dos familiares.

O acidente ocorreu por voltadas 7h, no quilômetro 172 da Rodovia Alfredo de Oliveira Carvalho. A causa ainda está sendo investigada, mas suspeita-se que tenha sido provocado por uma ultrapassagem.

Segundo os bombeiros, o ônibus levava cerca de 50 trabalhadores para uma empresa têxtil em Taguaí. No acidente, 37 pessoas morreram no local e 3 a caminho ou no hospital. Outros 10 feridos foram encaminhados para hospitais de Taguaí, Fartura e Taquarituba.

Em declarações ao G1, o médico intensivista Gabriel Ortega, da Santa Casa de Taquarituba, pediu orações neste momento.

“Prestamos nossas condolências às famílias e pedimos a todos que orem por nós e que estejam torcendo por nós nesse momento tão difícil. As vítimas estão sendo colocadas no sistema de transferência agora, porque infelizmente nós precisamos de recursos que são indisponíveis para nós no momento. Deus nos abençoe”, disse o médico.

Trata-se, de acordo com o porta-voz da Polícia Militar de São Paulo, tenente Alexandre Guedes, d o maior acidente do ano nas rodovias do estado.

Diante desse ocorrido, o pároco da Paróquia Santa Rita de Cássia, em Taguaí, Pe. Jesus Angel Bermeo Gonzales, pediu a Deus que “conforte o coração de todos os familiares que na manhã desta quinta-feira (25/11/2020) perderam seus entes queridos. Deus seja nossa força”.

Em uma reflexão publicada na página de Facebook da Paróquia, o sacerdote ressaltou que “a morte nos visita de repente”.

“Quando a morte vem aparece abruptamente em nossa frente, nos encaminha para uma nova viagem rumo ao desconhecido. A nossa partida causa dor e sofrimento para quem fica. Por isso, não podemos nunca esquecer que estamos aqui de passagem. Somos estrangeiros no mundo, passageiros nessa viagem que é a vida. Precisamos encontrar paz e conforto nas idas e vindas, e fazer com que cada dia de nossa estada na vida seja precioso”, escreveu o pároco.

Fonte: ACI Digital