Categorias
Mundo

Bispos anunciam fim da dispensa para missas dominicais na Polônia

Os bispos poloneses decidiram por unanimidade acabar com a dispensa de assistir à missa dominical e nos dias santos de guarda adotada por causa da pandemia de covid-19. A decisão foi tomada durante a 389ª Assembleia Plenária da Conferência Episcopal Polonesa, realizada entre os dias 11 e 12 de junho.

A dispensa terminará no próximo domingo, dia 20 de junho, em todas as dioceses que adotaram a norma. Segundo a agência Reuters, o número de infectados pela covid-19 vêm diminuindo na Polônia, “com uma média de 370 novas infecções diariamente”. Desde o início da pandemia, 2.877.007 pessoas se infectaram com o vírus, que causou 74.515 mortes.

Na última sexta-feira, 11 de junho, dia em que a Igreja celebra o Sagrado Coração de Jesus, os bispos da Polônia que haviam participado da assembleia celebraram uma missa, presidida pelo presidente da conferência episcopal, dom Stanisław Gądecki. A Eucaristia foi celebrada na basílica do Sagrado Coração de Jesus, em Cracóvia, onde os bispos renovaram a consagração do país à essa devoção.

“Vos confiamos toda a nossa vida pessoal, familiar e social, que queremos alicerçar nos sólidos princípios do Evangelho. Como há cem anos, humildemente nos dedicamos ao Vosso Sagrado Coração, entregando-vos a nossa Pátria”, disse Dom Gądecki.

Em 27 de julho de 1920, em Jasna Góra, o episcopado polonês consagrou o país ao Sagrado Coração de Jesus. O ato foi renovado um ano depois, em Cracóvia, na basílica do Sagrado Coração de Jesus, por ocasião da consagração do templo.

Fonte ACI Digital