Categorias
Mundo

México: Feministas atacam igrejas católicas protestando contra violência

 

Por ocasião do Dia Internacional para a Eliminação da Violência contra as Mulheres, que as Nações Unidas celebra todos os dias 25 de novembro, grupos feministas violentos atacaram catedrais católicas em várias cidades mexicanas.

Na Cidade do México, as violentas feministas chegaram à Praça da Constituição, conhecida como Zócalo, e empreenderam o ataque contra a Catedral Primada, realizando pichações em suas cercas exteriores e lançando diversos objetos nos policiais que protegiam o templo.

A imprensa local informou que as feministas, muitas delas encapuzadas, atacaram um pequeno grupo de católicos que se reuniu para defender pacificamente e em oração a catedral mexicana.

Ataques semelhantes ocorreram em Puebla, no estado de Puebla, e em Xalapa, no estado de Veracruz, pichando frases como “Deus é misógino”, “Deus é mulher”, “A Igreja protege os pedófilos”, “Aborto legal sim”.

Em diálogo com a ACI Prensa, agência em espanhol do grupo ACI, Javier Rodríguez, Diretor de Comunicação da Arquidiocese do México, indicou que, como disse o Papa Francisco em 25 de novembro, “como sociedade, devemos todos fazer muito mais pela dignidade de cada mulher. No entanto, rejeitamos qualquer manifestação de violência como forma para alcançar a justiça”.