Categorias
Mundo

Católicos rezam pela Mãe do padre Fábio de Melo que está no respirador

 

O padre comunicou estágio do tratamento da doença em rede social, neste domingo (21) e também agradeceu pelas orações e disse estar tranquilo e confiante.

A mãe do padre Fábio de Melo, Ana Maria de Melo, precisou entrar em “respiração artificial” no hospital particular no qual trata a Covid-19 em Uberlândia. A informação foi divulgada em rede social do padre neste domingo (21), que ainda disse estar tranquilo, confiante e sabendo que a decisão foi a melhor para ela.

“Minha mãe continua na sua luta, bravamente, resistindo, suportando. Ontem ela precisou entrar na respiração artificial. Em um primeiro momento isso me desolou muito. Parece que a gente encara isso como uma sentença de morte não é!? Mas não, hoje, mais lúcido, tranquilo, eu sei que é o melhor para ela. Para que o organismo descanse, para que ela possa ter mais forças para se recuperar contra a inflamação dos pulmões, que está bastante severa”.

Ana Maria de Melo e padre Fábio de Melo  em foto de arquivo — Foto:  Rede Social/Reprodução

Ana está internada no Hospital Santa Genoveva em Uberlândia desde o dia 15 de março, onde trata a doença.

Na última quinta-feira (18), o padre já havia dito que a mãe teve um “mal-estar súbito” e estava com dificuldades para respirar. Mesmo com a situação, ele afirmou que ela seguia “feliz, disposta, gentil e grata”.

Segundo Melo, o que consola ele nesse momento é saber que ele está podendo ajudar a mãe de alguma forma.

“Hoje eu estou muito em paz. Quando fiz minha oração da manhã Deus me disse: ‘alegre-se, pois o que você está podendo fazer pela sua mãe muitos filhos não podem’. Isso está me consolando gente, saber que ela está sendo tratada, que nós estamos dando a ela oportunidade de sair disso, o que lamentavelmente muitas pessoas nesse momento não podem”.

Nas postagens ele ainda agradeceu a todos pelas orações e que quer passar por essa situação como a mãe sempre viveu: “Entregando tudo nas mãos de Deus e confiando nele”.

“Foi assim que ela me ensinou a viver e eu não poderia agir diferente”, completou.

Ana Maria de Melo e padre Fábio de Melo em foto de arquivo — Foto: Rede Social/Reprodução

Com informações do G1