Categorias
Notícias

Católicos promovem ação solidária com a população de rua durante pandemia

Assim como as grandes cidades do mundo, a capital do Paraná já sofre com a pandemia do novo coronavírus (COVID-19). Vários casos confirmados. Mas isto não impediu a solidariedade de uma parcela da sociedade com os cidadãos em situação de rua.

Motivados pelo lema da Campanha da Fraternidade 2020, “Viu, sentiu compaixão e cuidou dele”, a Arquidiocese de Curitiba, na pessoa do bispo-auxiliar Dom Francisco Cota, a Pastoral do Povo de Rua e as Paróquias iniciaram ontem (27) a distribuição de lanches para as pessoas que não tem um lar e vivem nas praças e ruas curitibanas.

No primeiro dia foram entregues mais de 246 lanches e no segundo dia foram 448 para homens, mulheres e crianças. Inclusive os que tinham cães também receberam ração. O Santuário São José arrecadou 215 kits de higiene pessoal que tem: creme dental, escova, sabonete, absorvente, pente e barbeador. Destes foram distribuídas 123 kits no primeiro dia e, com novas doações, 195 no segundo dia.

Para o Padre Fábio, CR, um dos assessores arquidiocesano da Pastoral do Povo de Rua, mesmo com as dificuldades o grupo de 10 voluntários conseguiu fazer um bom trabalho. E algumas doações foram chegando de algumas paróquias, atendendo o pedido feito por Dom Francisco. “Tivemos um número considerável de irmãos em situação de rua. Cremos que este número vai aumentar e por isso buscamos mais doações e vamos nos organizar melhor. E isto vai acontecendo com o tempo”, afirma Pe. Fábio.

Ele ressaltou ainda que as equipes formadas estavam separadas umas das outras (cozinha, atendimento, separação de roupas…), seguindo as normas de higiene no combate ao coronavírus.

A atividade aconteceu no pátio da Paróquia Senhor Bom Jesus dos Perdões, no centro de Curitiba. Veja mais fotos: clique aqui.

Fonte: Terra Sem Males