Categorias
Brasil

Câmara dos Deputados aprova o Dia Nacional do Terço dos Homens no Brasil

A Câmara dos Deputados aprovou na última segunda-feira (13) o Projeto de Lei que institui o dia 8 de setembro, Natividade de Nossa Senhora, como o Dia Nacional do Terço dos Homens. O texto agora vai ao Senado para votação.

“O Terço dos Homens tem se caracterizado como porta de entrada de homens que não só retornam à comunhão com a Igreja, mas, ao mesmo tempo, de transformação interior na vida desses homens no seio de suas famílias e na sociedade em geral”, disse em entrevista à ACI Digital Glayson Lozer, secretário-geral do Terço dos Homens do Brasil. “Isso é o que esperamos cada vez mais: evangelizar, santificar, salvar as almas”.

A proposta da lei foi do deputado Eros Biondini (PL-MG). “Quando os pais oram, a família toda é edificada. Obrigado a todos pelo grande apoio que recebi. Sem vocês eu não conseguiria”, publicou Biondini em suas redes sociais.

Para o deputado Evair Vieira de Melo (PP-ES), relator do projeto, o terço realizado dos homens tem como missão reforçar a presença de leigos da Igreja e das suas comunidades. E é um sinal cristão para a formação da família e de uma sociedade cristã. “A iniciativa do Terço do Homens é valorosa para a Igreja porque traz para o seio da adoração de Maria parte dos homens que muitas vezes acabaram ficando distantes de certas atividades de louvor”, disse o deputado no plenário da Câmara.

O coordenador da Frente Parlamentar Católica, deputado Francisco Jr (PSD-GO), declarou em discurso na Câmara: “O terço dos homens é o movimento que mais cresce no Brasil. E ele vem neste momento trazer toda essa energia, toda essa coragem, toda essa disposição do brasileiro”.

Glayson Lozer disse que a aprovação do Projeto de Lei do Dia Nacional do Terço dos Homens estava sendo aguardada desde fevereiro de 2021, após o encerramento da XIII Romaria Nacional do Terço dos Homens, em Aparecida (SP). “Neste período fomos até o autor do projeto, Eros Biondini”. O deputado foi internado por alguns dias com covid-19, o que interrompeu temporariamente os trabalhos, segundo Lozer. “Realizamos uma audiência pública em agosto de 2021. Até que chegamos ao histórico dia 13 de junho de 2022, quando, após a leitura do relatório no plenário, a Câmara dos Deputados aprovou”.

O dia 8 de setembro foi escolhido com muito critério, disse Lozer. “Na então Vila Providência, hoje município de Itabi (SE), um grupo com cerca de 200 homens rezou sob o nome “Terço dos Homens” pela primeira vez. Era dia 8 de setembro de 1936, na Paróquia Nossa Senhora da Conceição, onde o grupo existe até hoje”.

O Terço dos Homens é um movimento católico com reconhecido por lei em sete Estados do país: Sergipe, São Paulo, Espírito Santo, Bahia, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Maranhão. Desde 2009 as romarias anuais do Terço dos Homens ao Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida lotam a cidade de aparecida (SP).