Papa cria outra comissão para estudar o diaconado feminino

Conforme anunciado no final do Sínodo da Amazônia, o Papa Francisco formou novamente uma comissão para estudar o diaconato feminino, na cabeça em que ele colocou o cardeal Giuseppe Petrocchi.

É a segunda vez que faz isso, depois que em 2016 formou uma primeira comissão que estudou o assunto. Em maio de 2019, Francisco se reuniu com a União Internacional de Mulheres Superiores Religiosas , a quem ele disse que a comissão não havia encontrado nada, havia parado.

Ele também teve palavras duras: “Somos católicos, mas se algum de vocês quiser encontrar outra religião, estará livre para partir”, disse Sua Santidade. E também, que “temos que olhar para o início do Apocalipse, e se não houvesse algo assim, se o Senhor não quisesse um ministério sacramental para as mulheres, isso não se aplicaria”.

O Santo Padre, durante uma recente reunião com o Cardeal Ladaria, prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé, decidiu constituir a segunda comissão mencionada e fazer as nomeações de seus membros. O Gabinete de Imprensa da Santa Sé divulgou os nomes:

Presidente:

Cardeal Giuseppe Petrocchi, arcebispo de L’Aquila (Itália).

 

Ajude a manter nosso apostolado. Clique aqui para visitar nossa Loja Virtual

 

Secretário:

Denis Dupont-Fauville, oficial da Congregação para a Doutrina da Fé.

Membros:

Catherine Brown Tkacz, Lviv (Ucrânia).

Dominic Cerrato, Steubenville (EUA).

Prof. Don Santiago del Cura Elena, Burgos (Espanha).

Caroline Farey, Shrewsbury (Grã-Bretanha).

PUBLICIDADE

Barbara Hallensleben, Freiburg (Suíça).

Prof. Don Manfred Hauke, Lugano (Suíça).

James Keating, Omaha (EUA).

Mons. Angelo Lameri, Crema (Itália).

Rosalba Manes, Viterbo (Itália).

Anne-Marie Pelletier, Paris (França).

Traduzido de Infovaticana