Categorias
Brasil

Misocristia: militantes LGBT atacam jovens parlamentares cristãos

 

Ana Campagnolo e Nikolas Ferreira viram alvo de ódio anticristão após sustentarem suas convicções em debate sobre ideologia de gênero.

Ana Campagnolo, Nikolas Ferreira e outros jovens cristãos vêm recebendo ameaças e mensagens de ódio em uma ação articulada pela militância LGBT. A investida ocorre após terem sustentado suas convicções, desmascarando a ideologia de gênero durante uma live realizada na última quinta-feira (17/06).

Apesar da exposição de opiniões bastante diversas, o debate ocorreu de maneira razoavelmente pacífica e sem grandes momentos acalorados. Mesmo assim, uma debatedora que participou de quase toda a longa transmissão, em determinado momento ameaçou “processar” os integrantes que defendiam pontos de vista divergentes do seu.

A celeuma teve início no momento em que alguns dos debatedores se recusaram a praticar uma concessão linguística exigida, dando início à acusação de que não fazer isso seria “transfobia”. Foi o que bastou para que tiktokers instigassem seus seguidores a atacar indiscriminadamente os parlamentares nas redes sociais.

Em sua conta no Instagram, a deputada Ana Campagnolo expôs algumas mensagens, mas a publicação foi rapidamente excluída pela rede social. “Vagabunda transfóbica. Espero que você se exploda”, enviou uma moça. Outra garota escreveu: “Meu sonho? Te ver pessoalmente e ter 5 minutos a sós com vc (sic), já que não aprende com respeito, te ensino na porrada”. Várias das mensagens criminosas foram encaminhadas por perfis com fotos de crianças e adolescentes.

Em nova publicação, Campagnolo destacou uma das mensagens que destilava ódio às suas convicções cristãs: “quero tanto que você ainda esteja viva pra assistir de camarote, quando todos os seus ideais deturpados baseados em uma historinha de conto de fada que foi longe demais, forem completamente criminalizados”, revelando a misocristia* dos agressores.

“O objetivo deles é um só: criminalizar o cristianismo. Para isso, usam o movimento GLS e quem mais estiver disposto”, comentou a deputada, denunciando a notória instrumentalização das chamadas “minorias” pelos articuladores da agenda anticristã.

_

* Misocristia: termo que define a ação de propagar e exercer o ódio aos cristãos e ao cristianismo. Vale ressaltar que a palavra “cristofobia”, mais popular, tem como significado literal o medo e não o ódio.