Categorias
Brasil

Casamento de Lula acontece em salão de festas abençoado por um Bispo

O casamento de Lula, que recebeu a bênção nupcial por um Bispo, expõe grave conflito entre o ideário do petista e a Igreja Católica, uma vez que o noivo é um político declaradamente pró aborto e, portanto, não estaria apto a receber sacramentos.

Na noite da última quarta-feira, 18 de maio, o ex-presidiário Lula casou-se numa reservada cerimônia, cujos detalhes foram reconstruídos com bastante trabalho pela mídia.

O casamento foi assistido pelo bispo petista Angélico Sândalo Bernardino, já bastante conhecido pela sua militância de esquerda.

Um detalhe muito interessante é que a cerimônia ocorreu num salão de festas, no buffet Contemporâneo 8076, um luxuoso espaço no Brooklin, zona Sul de São Paulo. A celebração do matrimônio em salões de festa, chácaras, buffets é rigorosamente proibida pelos bispos da Província Eclesiástica de São Paulo.

Além das questões administrativas, a realização deste casamento expõe grave conflito entre o ideário do petista e a Igreja Católica.

É um grande paradoxo que o bispo tenha abençoado o matrimônio de um político que defende enfaticamente o direito ao aborto, uma prática cruel e incompatível com os pilares do cristianismo, além de defender outras questões contrárias à doutrina católica que são inegociáveis, como a doutrina comunista/socialista, ideologia LGBT, liberação das drogas, apologia a corrupção, entre outros.

Deste modo, de acordo com as normas vigentes no Catecismo da Igreja Católica e no Código de Direito Canônico, o político defensor do aborto não estaria apto a receber os sacramentos enquanto não houver um arrependimento sincero dos pecados e uma boa confissão sacerdotal.

Leia também
PT E CRISTIANISMO: CASAMENTO IMPOSSÍVEL

Outro fato, no mínimo curioso e que mais chamaram a atenção no casamento, foi o monitoramento dos celulares . Na chegada do casamento uma integrante do cerimonial “convidava” as pessoas a guardarem seus aparelhos celulares dentro de um envelope branco. Recebiam, então, uma senha para retirar o celular na saída. Sem celular gravando as conversas, os políticos ficaram mais à vontade para falar sobre eleições e outros assuntos delicados.

Com informações de FratresInUnum.com

Leia também
A pergunta que não quer calar: Bolsonaro é realmente Católico?

Alerta a todos os cristãos em tempo de eleições: Como um cristão deve votar?

Estamos em tempos de eleição, e se torna necessário recordar a todos os cristãos que a nossa fé não é algo a ser vivido apenas na Igreja, mas deve orientar toda nossa conduta, formar nossas convicções e pautar nossas escolhas.

Assim sendo, devemos prestar atenção maior ainda na questão política, especialmente em tempos de eleições, pois as escolhas aí feitam repercutiram em forma de leis e ações que impactará a vida de toda a sociedade. É necessário que todos aqueles que acreditam em Cristo atuem e façam suas escolhas de modo coerente com sua fé.

UM CRISTÃO JAMAIS PODERÁ VOTAR OU APOIAR CANDIDATOS OU PARTIDOS DE ÍNDOLE MARXISTA/SOCIALISTA/COMUNISTA nem PARTIDOS QUE DEFENDEM O ABORTO, IDEOLOGIA DE GÊNERO, LIBERAÇÃO DAS DROGAS e outras aberrações contrárias a nossa fé e à moral cristã.

Nessa lista dos partidos que NÃO podem ser apoiados e cujos candidatos NÃO podem ser votados por cristãos se incluem: PT, PC do B, PSOL, PSTU, PCO, PV, PDT, REDE, PPS, PMN, PSB, PPL entre outros, inclusive PSDB.

Quem trabalha, vota ou de algum modo apoia partidos contrários a nossa fé, não pode se dizer um verdadeiro cristão… e é cúmplice de tudo o que eles defendem.

Assista a formação completa:
Alerta a todos os cristãos em tempo de eleições: Como um cristão deve votar?