Categorias
Vaticano

Cardeal Sarah permanece como prefeito da Congregação para o Culto Divino

 

O Cardeal Robert Sarah foi reconduzido pelo Papa Francisco como Prefeito da Congregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos. O Prelado, nomeado para esse cargo pelo pontífice argentino a 23 de Novembro de 2014, completou ontem 75 anos: a idade canônica de reforma para um Bispo.

Fontes confiáveis confirmaram à Agência I.MEDIA que, conforme o costume nas tomadas de decisão da Santa Sé, o Cardeal Sarah recebeu uma carta oficial assinada pela mão do Papa Francisco, confirmando que continuaria à frente da Congregação para o Culto Divino. O Prelado foi reconduzido de acordo com a fórmula latina “donec aliter provideatur“, ou seja, “Até que o Papa decida de outra forma”.

Nascido em 15 de Junho de 1945, o prelado guineense foi converteu-se com o trabalho dos missionários espiritanos aos 12 anos de idade. Ordenado sacerdote em 1969, tornou-se professor e director do seminário de Conacri em 1976. Com apenas 34 anos, foi nomeado Arcebispo de Conacri por João Paulo II, tornando-se o Bispo mais jovem do mundo. Mesmo com essa função não deixou de se opor abertamente ao regime marxista ditatorial de Sékou Touré.

Em 2001, foi chamado pelo Papa polaco para trabalhar na Cúria Romana como secretário da Congregação para a Evangelização dos Povos. O pontífice Bento XVI nomeou-o em 2010 Presidente do Pontifício Conselho Cor Unum, fazendo depois Cardeal. 

in cath.ch (tradução: Senza Pagare)