Categorias
Política

Às vésperas das eleições, Padres e Bispos decidem quebrar o silêncio e alertar os fiéis

Na reta final das eleições padres e bispos de várias partes do Brasil decidem se manifestar em prol de sua fé.

Um vídeo contendo trechos da manifestação de diversos padres e bispos com coragem para ir contra o politicamente correto domina o clero, e convicção para anunciar claramente a Doutrina da Santa Igreja, foi disponibilizado no YouTube.

No vídeo eles alertam os fiéis sobre a importância de votar com consciência e listam alguns pontos importantes que devem ser levados em consideração na hora de escolher os candidatos.

Antes de continuar, assista o vídeo abaixo:

É necessário recordar a todos os cristãos que a nossa fé não é algo a ser vivido apenas na Igreja, mas deve orientar toda nossa conduta, formar nossas convicções e pautar nossas escolhas.

Assim sendo, devemos prestar atenção maior ainda na questão política, especialmente em tempos de eleições, pois as escolhas aí feitam repercutiram em forma de leis e ações que impactará a vida de toda a sociedade. É necessário que todos aqueles que acreditam em Cristo atuem e façam suas escolhas de modo coerente com sua fé.

UM CRISTÃO JAMAIS PODERÁ VOTAR OU APOIAR CANDIDATOS OU PARTIDOS DE ÍNDOLE MARXISTA/SOCIALISTA/COMUNISTA nem PARTIDOS QUE DEFENDEM O ABORTO, IDEOLOGIA DE GÊNERO, LIBERAÇÃO DAS DROGAS e outras aberrações contrárias a nossa fé e à moral cristã.

Assista também:

https://templariodemaria.com/wp-content/uploads/2022/10/WhatsApp-Video-2022-09-30-at-19.51.27.mp4

Nessa lista dos partidos que NÃO podem ser apoiados e cujos candidatos NÃO podem ser votados por cristãos se incluem: PT, PC do B, PSOL, PSTU, PCO, PV, PDT, REDE, PPS, PMN, PSB, PPL entre outros, inclusive PSDB.

Quem trabalha, vota ou de algum modo apoia partidos contrários a nossa fé, não pode se dizer um verdadeiro cristão… e é cúmplice de tudo o que eles defendem.

Assista o vídeo completo do bispo emérito de Uruaçu (GO), Dom José da Silva Chaves, de 91 anos:

Também o bispo Dom José Ruy Gonçalves Lopes, da Diocese de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, emitiu uma nota sobre as eleições em 2020 orientando os fiéis a votarem contra o comunismo. “A Igreja Católica possui grande simpatia pela Democracia e grande aversão ao comunismo,  diz a sua doutrina (DSI, 160). Por isso o voto consciente é a melhor forma não apenas de reivindicar, mas de determinar o futuro da sociedade”, diz a nota pública.

No artigo, o bispo diz que “vem se manifestar peremptoriamente contrária a esta ideologia do partido que governa a nação que deseja ‘impor’ pela maioria de sua base aliada um projeto que quer eliminar a ideia de que os seres humanos se dividem em dois sexos, afirmando que as diferenças entre homem e mulher não correspondem a uma natureza fixa, mas são produtos da cultura de um país, de uma época. Algo convencional, não natural, atribuído pela sociedade, de modo que cada um pode inventar-se a si mesmo e o seu sexo”. 

O religioso diz que a tal ‘ideologia de gênero’ é baseada na análise marxista da história como luta de classes, dos opressores contra os oprimidos, “sendo o primeiro antagonismo aquele que existe entre o homem e a mulher no casamento monogâmico”. Ele diz que as pessoas devem se atribuir o real valor que possuem, mesmo que seja politicamente incorreto e contrarie o “modismo imposto pela mídia e pelo governo”. Também em 2014, Dom José Ruy voltou a dizer que a Igreja Católica restringe e censura o marxismo, citando dessa vez a encíclica Centesimus annus, escrita por João Paulo II um ano e meio após a queda do Muro de Berlim.

“Lula se transformou em um instrumento do encardido!”

Em 2006, um ano antes de partir para a glória eterna, o saudoso Padre Léo tentou alertar a população sobre o erro de eleger um presidente de partido comunista e a favor do Aborto. Infelizmente a população católica não o ouviu e hoje vivemos toda a desgraça gerada por seus governos.

Durante o vídeo ele ainda foi enfático ao dizer:

“Se for pra ser católico como se diz católico o senhor Presidente da República, é melhor ir viver nos quintos dos infernos”

Assista também a formação:
Alerta a todos os cristãos em tempo de eleições: Como um cristão deve votar?