Categorias
Política

Padre desafia candidato abortista que se declara “católico fiel”

 

Nestes tempos de eleições, em que muitos candidatos se declaram católicos para conseguir votos, é importante questionar: O que significa ser um católico fiel?

Na corrida presidencial dos EUA, Joe Biden faz oposição a Donald Trump apresentando-se como um católico fiel. Contudo, um padre de Wisconsin está desconstruindo esta afirmação.

Em um vídeo de 60 segundos divulgado na sexta-feira, pe. James Altman exorta os católicos a “ponderar o que significa ser fiel”.

Os católicos fiéis, observa ele, não podem:

  • apoiar a expansão do “direito” de assassinar milhões de bebês em gestação
  • celebrar pessoalmente “casamentos” do mesmo sexo
  • prometer forçar freiras a fornecer anticoncepcionais e abortivos em seus planos de seguro
  • permanecer em silêncio enquanto anarquistas profanam igrejas católicas e estátuas

Joe Biden, candidato à presidência dos EUA, como aponta o clérigo de La Crosse, fez cada uma delas.

O ex-vice-presidente prometeu codificar o aborto em lei federal caso a Suprema Corte derrubasse  Roe v. Wade . 

“A única resposta responsável para isso seria aprovar uma legislação tornando  Roe  a lei do país. Isso é o que eu faria”, disse Biden na segunda-feira.

Leia também
O dia em que Ratzinger explicou por que é errado votar em candidatos pró-aborto

Em agosto de 2016, o vice-presidente oficializou um “casamento” do mesmo sexo em sua residência particular em Washington.

“Orgulho de casar com Brian e Joe na minha casa”, ele tuitou . “Não poderia estar mais feliz, dois funcionários de longa data da Casa Branca, dois caras excelentes.”

Em julho, Biden prometeu rescindir as isenções religiosas do mandato de contracepção Obamacare, forçando grupos como as Little Sisters of the Poor a violar as consciências.  

“Vou restaurar a política Obama-Biden que existia antes da decisão do Hobby Lobby [Suprema Corte de 2014]   “, disse ele.

Quase cinco meses depois que os distúrbios esquerdistas eclodiram nos Estados Unidos, Biden ainda não condenou os ataques a igrejas católicas, estátuas e santuários que acompanharam a violência de  Black Lives Matter e Antifa . 

Leia também
Cardeal Burke: Políticos que apoiam o aborto e ideologia de gênero não podem comungar

Apoiando sua avaliação do ex-vice-presidente, pe. Altman observa em seu vídeo que o Cdl. Raymond Burke “afirmou corretamente que Joe Biden não é um católico fiel”.

“Certamente ele não é um católico de boa reputação e não deve se aproximar para receber a Sagrada Comunhão”, disse Burke sobre Biden durante uma entrevista em setembro. “Um católico não pode apoiar o aborto de qualquer forma ou forma porque é um dos pecados mais graves contra a vida humana. Sempre foi considerado intrinsecamente mau, e apoiar de qualquer forma o ato é um pecado mortal.”

Padre Altman encerra seu vídeo exortando os católicos a pensar e agir de acordo com os preceitos morais da Igreja.

“Não se deixe enganar por lobos em pele de cordeiro”, advertiu. “Forme sua consciência na verdade. Aja como um católico fiel e vote em novembro.”

Leia também:
Um alerta a todos os cristãos em tempo de eleições